Circuitos Turísticos

 

Ver Folheto

Circuito das Torres


As torres medievais existentes no concelho de Vouzela fazem parte de um fenómeno que se estendeu, de forma mais ou menos linear e sincrónica, por toda a Europa. Em Portugal teve maior incidência a Norte e na Beira.

Inspirada na torre de menagem, esta construção fortificada surge entre o séc. XII e XIII, sendo adoptada como residência pela pequena e média nobreza. Sinal de autoridade local e de ostentação apresenta um modelo rígido composto geralmente por três ou quatro pisos sobradados (rés do chão, primeiro, segundo e terceiro pisos). O rés-do-chão, divisão térrea, era destinado a arrumos. A entrada dava acesso direto ao primeiro piso, onde o senhor recebia os que o visitavam. O último piso, de carácter mais íntimo, acolhia os aposentos dos que aí moravam.

Numa altura em que a riqueza dependia, em muitos casos, do número de terras possuídas ou do número de direitos sobre elas recaídos, «as casas torre eram o mais nobre e evidente sinal de senhorio sobre uma terra.» Este tipo de habitação senhorial, de carácter rural, difundiu-se, sobretudo, em pequenas zonas afastadas do domínio das famílias com poderes há muito firmados. Em busca de prestígio, da ascensão social, do lucro e do poder, as pequenas linhagens edificavam as torres em locais férteis, como vales e zonas fecundas em cursos de água. 

Sumariamente, as casas-torre observadas na região são testemunhos de uma economia assente na exploração agrícola. Simbolizam a iniciativa individual na busca do lucro e da afirmação social. A sua existência denuncia que no passado a região de Lafões era um espaço convidativo, fértil, bem localizado, que oferecia as condições necessárias às pretensões da pequena nobreza e segundas linhagens.

Vouzela Geotour


Parta à aventura por Vouzela…

O Geocaching é uma caça ao tesouro dos tempos modernos, jogado ao ar-livre no mundo inteiro com recetores de GPS. A ideia base do jogo é dirigir-se até umas coordenadas específicas e encontrar a geocache escondida nesse local.
Uma vez encontrado o tesouro (geocache), este poderá oferecer ao visitante uma ou várias lembranças. Se o visitante retirar alguma lembrança do tesouro é-lhe pedido que deixe algo em troca. O tesouro contém um livro de registos no qual o visitante poderá assinalar a sua visita e deixar uma mensagem.

Para alguns a maior recompensa é a emoção da busca e a descoberta de um local que nunca viram.

Quais são as regras do geocaching?
1.    Se tirar algo da geocache (ou "cache"), deixe outro item de valor igual ou superior.
2.    Escreva um pouco sobre a sua aventura no bloco de notas da geocache.
3.    Registe a sua experiência em www.geocaching.com.

O que é preciso para fazer geocaching?
Necessita apenas de um equipamento GPS ou de um smartphone equipado com GPS para chegar até a uma geocache e de ser membro do Geocaching.com.

Ver Folheto