Turismo

 

Alcofra tem uma gastronomia tão rica e variada

como a sua paisagem.

 

Há na freguesia vários pratos típicos cuja origem tem mais de cem anos. São eles, o Sarrabulho, as Papas de Farinha de Milho, a Vitela na Padela, o Cozido, o Cabrito Assado e a Sopa Seca. Este último prato é um ex-libris da freguesia, sendo o único sítio onde pode ser saboreado.

 

Depois da refeição poderá dar um passeio pelo Monte Gralheiro, onde se poderá deslumbrar com a beleza dos Redondendros, ou Loendros, entre os meses de Maio e Junho, época em que se encontram floridos conferindo à paisagem um colorido esplendoroso. Como pano de fundo o rio Alcofra que corre por entre fragudos e pequenas cataratas.

 

Para se dirigir à freguesia utilize a A25, devendo sair em Cambarinho para seguir depois pela estrada nº333-2 em direcção a Alcofra. Poderá ainda utilizar várias estradas camarárias e vários caminhos rurais.

Nesta terra de paisagens atraentes e de riqueza patrimonial e histórica, visite a Casa do Carril, a Igreja Matriz, algumas capelas, espalhadas pela freguesia, os restos da Via Romana, a Ponte Romana, perto da Capela de S.Pedro, o Pelourinho e a Torre Medieval de Cabo de Vila.

 

A Torre foi construída no século XIV, sendo a sua planta quadrangular.

Tratava-se de uma torre senhorial, a que chamavam popularmente Castelos, dado que estas construções tinham sistemas de defesa activos, como por exemplo o matacães, e serviam ao mesmo tempo de habitação.A "domus fortis", a casa fortificada, tinha três pisos, no seu interior, onde os senhores medievais moravam.

Segundo uma lenda, a torre possuía um túnel que ia até ao Monte Gralheiro, o qual terá servido para acoitar soldados cristãos em luta com os mouros.

 

Os restos da Via Romana ia de Aveiro ao Vale de Besteiros e atravessava a freguesia no sentido Norte-Sul, tendo sido ponte de passagem até depois da Idade Média.

 

Ver Mapa

Mapa Turistico.jpg
Mapa Turistico.jpg
press to zoom